Por que não valorizamos o vinho brasileiro?

É comum observar a reação de desconfiança das pessoas quando lhes oferecem uma garrafa de vinho nacional, como também, é muito comum no espaço reservado aos vinhos de um supermercado, os consumidores passarem rapidamente pelos vinhos brasileiros, sem nem prestar atenção e irem direto à prateleira dos vinhos importados.

Pode parecer estranho, mas este é o comportamento de muitos consumidores brasileiros de vinho. Infelizmente, a maioria das pessoas tem um grande preconceito com o vinho nacional, primeiro pelos anos de estagnação dos vinhos nacionais, com produtos de qualidade inferior e também por ter-se um pensamento equivocado de que os produtos importados são melhores do que os elaborados no Brasil. Mas é importante salientar ao consumidor que age desta forma que ele está deixando de descobrir um produto interessante e que tem evoluído bem ao longo dos últimos anos.

A evolução do vinho nacional é notória. Foi a partir de 1990 que observou-se um grande avanço da vitivinicultura brasileira, principalmente no que diz respeito ao uso de tecnologias inovadoras em todo o processo de produção da uva e elaboração do vinho. Novas castas foram importadas e introduzidas, métodos de plantio modificados, tanques de madeira foram substituídos por cubas de aço inox com controle de temperatura automatizado, análises em laboratórios tornaram-se rotina, enólogos de renome foram chamados para consultoria e que em conjunto resultaram em vinhos melhores.

O preconceito do vinho brasileiro existe, porém precisa ser combatido, é necessário investimento em marketing, publicidade para convencer os consumidores a degustarem os vinhos nacionais e confirmarem a qualidade desses produtos. Outro ponto fundamental é a união de todo o setor, buscando vencer obstáculos enfrentados pelo vinho nacional, como por exemplo, a taxação do vinho como bebida alcoólica ao invés de alimento, fazendo com que a tributação seja elevada.

Está na hora de repensar o modo de ver o vinho brasileiro. Compre, prove os vinhos dos nossos produtores, sejam eles grandes, médios ou pequenos, de regiões, estados e estilos diferentes. Nosso país apresenta uma diversidade de clima que expressam nos vinhos elaborados a vocação do Brasil para atender os mais diferentes gostos com um produto de alta qualidade.

O vinho brasileiro já é visto com bons olhos no mercado internacional, e é preciso que nós, brasileiros, façamos o mesmo, e começamos a ver o vinho brasileiro como um produto de muita qualidade, até porque a indústria vitícola brasileira vem trabalhando forte em busca de produtos de qualidade.

Leone

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s