Aurora Reserva Chardonnay 2018 é o brasileiro Grande Medalha de Ouro no concurso The Best of Wine Weekend 2019

O vinho Aurora Reserva Chardonnay 2018 foi o único exemplar do Brasil a conquistar a Grande Medalha de Ouro no concurso The Best Of Wine Weekend 2019.

O espumante Aurora Moscatel Rosé recebeu medalha de prata nesse concurso, que avalia os vinhos, de todos os países, inscritos pelos expositores do Wine Weekend, evento em formato de feira com atrações, palestras, gastronomia e música, que este ano chega à sua 10ª edição.

Os melhores do Wine Weekend 2019, foram escolhidos em degustações às cegas realizadas por um júri de especialistas convidados pela organizadora do evento, a Market Press. Os avaliadores se reuniram em um restaurante em São Paulo alguns dias antes da abertura e a premiação aconteceu durante o coquetel de abertura da feira, na noite de quarta-feira.

Tradicional expositora do Wine Weekend, a Vinícola Aurora leva ao seu estande seus rótulos consagrados da marca Aurora, vários deles premiados nos mais renomados concursos internacionais. Os produtos podem ser degustados e adquiridos no local.

Cooperativa Vinícola Aurora –
www.vinicolaaurora.com.br / SAC: 0800 701-1455 / Matriz Bento Gonçalves (RS) 3455-2000 / Filial São Paulo (11) 3051-6124
– Escritórios e representantes em todo território nacional.

Anúncios

Cooperativa Vinícola Garibaldi lança linha de vinhos finos

A Cooperativa Vinícola Garibaldi surpreende com lançamentos em seu mix de produtos. A novidade é a linha de Vinhos Garibaldi, composta por um Chardonnay Terroir (safra 2019), um Merlot Reserva (safra 2018) e um Cabernet Sauvignon Reserva (safra 2018). Direcionada para o público já apreciador de vinhos, a novidade reforça a percepção de qualidade associada aos produtos da marca. De forma leve, simplificada e eficaz, democratiza o acesso ao luxo através dos vinhos.

Os novos itens foram compartilhados com os supermercadistas brasileiros durante a Exposuper – Feira de Produtos, Serviços e Equipamentos para Supermercados e Convenção Catarinense de Supermercadistas, que ocorreu entre os 25 e 27 de junho em Joinville (SC).

Ao longo de 2019, a Cooperativa Vinícola Garibaldi deve produzir cerca de 18 milhões de litros (entre espumantes, sucos e vinhos). Esse volume é 20% maior que a produção registrada no ano anterior. Hoje, os vinhos respondem por 15% dos negócios da marca.

Conheça a linha de Vinhos Garibaldi
Vinho Garibaldi Chardonnay Terroir
Vinho branco fino do tipo seco, tem coloração amarelo palha com reflexos esverdeados, que destaca seu aspecto límpido e brilhante, com boa viscosidade. De paladar leve e jovem, tem acidez refrescante e equilibrada.

Vinho Garibaldi Cabernet Sauvignon Reserva Ícone na categoria vinho tinto fino seco reserva, é maturado em barricas de carvalho francês por 8 meses, resultando em uma bebida com equilíbrio de acidez e taninos aveludados.

Vinho Garibaldi Merlot Reserva
Também do tipo vinho tinto fino seco reserva, apresenta corpo moderado com acidez equilibrada e taninos macios, resultantes da maturação em barricas de carvalho francês por 6 meses. Seu aroma tem notas de frutas vermelhas, manteiga e um toque de chocolate.

Crédito das imagens: Divulgação Cooperativa Vinícola Garibaldi

Nota de Degustação: Salton Intenso Tannat 2017

Um vinho de muita qualidade, surpreendente. Apresenta coloração Rubi, de média intensidade. Límpido. Boa intensidade e qualidade aromática, destacando-se as notas frutadas (ameixa, framboesa e amora), em todo o momento o frutado se destaca. Aroma limpo, sem defeito, vinho que lhe da vontade de continuar sentindo os aromas.

Em boca é elegante, com taninos macios. Acidez mediana. Retrogosto destacam-se as notas de ameixa, amora, um nuance de pimenta preta e um vegetal que dá ainda mais complexidade a esse vinho.

Boa pedida!

20190531_090843

Vinícola Aurora e Bangalô lançam Gastrobar Pub com vinho encanado, o primeiro da Serra Gaúcha

Vinícola Aurora e o Bangalô Estação Club lançam no próximo dia 5, em Bento Gonçalves (RS), o Gastrobar Pub com vinho encanado, o primeiro do gênero na Serra Gaúcha. Com uma parceria comercial de muito tempo, a maior e mais premiada vinícola do Brasil e o bar, que também é restaurante e danceteria, inspiraram-se na retomada da Fenavinho que trouxe novamente o vinho da região saindo de torneiras no centro da cidade. A ideia desse novo espaço é a de proporcionar essa experiência o ano inteiro aos moradores e visitantes.

O projeto Vinho Encanado já está sendo implementado no espaço Bamboo Bar do Bangalô, onde serão disponibilizados 5 pontos de redes duplas de encanamento, totalizando 5 torneiras de vinho tinto e 5 torneiras de vinho branco, distribuídas em colunas próximas às mesas, com livre acesso para os clientes se servirem.

Petiscos e delícias da gastronomia italiana também estarão à disposição dos frequentadores no Gastrobar Pub, um espaço para degustações e confraternizações, que inclui um palco para show acústico.

O Bangalô Estação Club (Bar Restaurante e Danceteria) fica em Bento Gonçalves e completa 13 anos. Tem diversos ambientes e tornou-se referência em inovação e entretenimento na Serra Gaúcha, com constantes transformações. Um bom exemplo dessas inovações é a criação da réplica da icônica Maria Fumaça, uma das maiores atrações turísticas de Bento Gonçalves, feita em escala 1/10 (projeto atualmente em reformulação que voltará a funcionar em breve), que transporta bebidas aos clientes, rodando sobre trilhos suspensos no interior do próprio Bangalô.

A Vinícola Aurora, há 88 anos escrevendo a história do vinho brasileiro de qualidade, ocupa há décadas a liderança no ranking das vinícolas mais premiadas do Brasil nos concursos internacionais, realizados nos diversos países do mundo. São 693 premiações, até o momento, em seu portfólio.

Gastrobar Pub

Lançamento:  5 de julho (evento fechado)

Inauguração com abertura ao público: 6 de julho, às 20:00h.

Lotação: 120 pessoas

Local: Bamboo Bar / Bangalô

Rua Henry Hugo Dreher, 92 – Bairro Planalto – Bento Gonçalves-RS

Cooperativa Vinícola Aurora – www.vinicolaaurora.com.br  / SAC: 0800 701-1455 / Matriz Bento Gonçalves (RS) 3455-2000 / Filial São Paulo (11) 3051-6124 – Escritórios e representantes em todo território nacional.

Vinho Tanque - Créditos Daiane Zat

Cabernet Sauvignon paranaense escolhido como melhor do Brasil

É do Paraná o melhor Cabernet Sauvignon produzido no Brasil. A honraria foi conquistada pela Vinícola Franco Italiano, de Colombo, vencedora da 8ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil, uma das premiações mais importantes do gênero no país e que esse ano aconteceu no Rio de Janeiro, dias atrás.

Neste ano foram avaliadas, às cegas, 1071 amostras, divididas em 41 categorias. A Vinícola Franco Italiano, de Colombo, foi campeã em duas categorias: Teroldego e Cabernet Sauvignon, neste dividindo a primeira colocação com a Nova Pádua, do Rio Grande do Sul. É a primeira vez que uma vinícola do Paraná é campeã de categoria, ou seja, escolhida como a melhor produtora do Brasil de um determinado tipo de vinho.

O Cabernet Sauvignon premiado chama-se Censurato. As uvas vêm de Dois Lageados (RS), onde a vinícola tem uma área de 1 hectare especialmente para a elaboração desse vinho, que só é produzido quando as safras atingem a qualidade pré-requisitada. Como ocorreu com essa safra 2011, premiada agora. Aliás, em suas diferentes safras, o Censurato já acumula nove prêmios, dentre os nacionais e internacionais.”

VozesPanela do Anacreon

Panela do Anacreon

Premiação inédita
Cabernet Sauvignon paranaense escolhido como melhor do Brasil
F S I

36

O vinho Censurato – 2011 foi premiado como melhor Cabernet Sauvignon do Brasil, na 8ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil, realizada no Rio de Janeiro.
por Anacreon de Téos
[24/06/2019] [15:37]
7
É do Paraná o melhor Cabernet Sauvignon produzido no Brasil. A honraria foi conquistada pela Vinícola Franco Italiano, de Colombo, vencedora da 8ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil, uma das premiações mais importantes do gênero no país e que esse ano aconteceu no Rio de Janeiro, dias atrás.

Neste ano foram avaliadas, às cegas, 1071 amostras, divididas em 41 categorias. A Vinícola Franco Italiano, de Colombo, foi campeã em duas categorias: Teroldego e Cabernet Sauvignon, neste dividindo a primeira colocação com a Nova Pádua, do Rio Grande do Sul. É a primeira vez que uma vinícola do Paraná é campeã de categoria, ou seja, escolhida como a melhor produtora do Brasil de um determinado tipo de vinho.

O Cabernet Sauvignon premiado chama-se Censurato. As uvas vêm de Dois Lageados (RS), onde a vinícola tem uma área de 1 hectare especialmente para a elaboração desse vinho, que só é produzido quando as safras atingem a qualidade pré-requisitada. Como ocorreu com essa safra 2011, premiada agora. Aliás, em suas diferentes safras, o Censurato já acumula nove prêmios, dentre os nacionais e internacionais.

São 12 meses em barricas de carvalho de primeiro uso, o que proporciona uma bebida rica em aromas de ameixa e amora, com notas de carvalho e baunilha e taninos macios. O vinho custa R$ 47 e está disponível na sede da vinícola, em Colombo, ou via delivery para Curitiba.

O outro vinho premiado é o Wine Club Franco Italiano Teroldego, também considerado o melhor do Brasil nesta categoria de uva – mais rara por aqui, mas uma variedade amplamente cultivada no Alto Adige, região vinícola no norte da Itália. O Wine Club reúne amantes do vinho que participam de toda a produção da bebida, desde a escolha da uva até a prova da bebida, quando todos decidem quando deve ser engarrafada. Cada participante compra cotas que, ao fim do processo, são revertidas em garrafas do vinho produzido. A vinícola realiza frequentemente novas edições do Wine Club e está sempre aberta a novas adesões de interessados de acompanhar e participar da elaboração dos vinhos.”

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/panela-do-anacreon/vinicola-franco-italiano-vinho-censurato-premiacao-nacional-melhor-do-brasil-colombo/?utm_source=facebook&utm_medium=midia-social&utm_campaign=bom-gourmet&fbclid=IwAR07fxWZk3Aqbh8PQ85yegKrou26ytm-BQ9XB1qytG2yE9-opSSI7KeD-b4
Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Associação Brasileira de Enologia estende até dia 27 de junho o prazo para vinícolas de todo o Brasil inscreverem amostras na 27ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2019

As vinícolas que ainda não inscreveram suas amostras da Safra 2019 na Avaliação Nacional de Vinhos deste ano ganharam mais uma chance para não ficar de fora da maior degustação de vinhos do mundo. O prazo, que encerrava na segunda, 24, foi estendido até a quinta, 27. Única no mundo, a Avaliação Nacional de Vinhos abre inscrições para analisar mais uma safra. Vinícolas de todo o Brasil podem inscrever suas amostras até o dia 24 de junho, participando da maior degustação de vinhos de uma safra do planeta, que vem sendo realizada pela Associação Brasileira de Enologia (ABE) há 27 anos. O regulamento está disponível no site da entidade e as inscrições podem ser feitas pelo https://www.enologia.org.br/area-restrita/login/.

Esta é a primeira etapa da 27ª Avaliação Nacional de Vinhos – Safra 2019, que deverá reunir centenas de amostras de diferentes regiões produtoras do país, mostrando a expressão da diversidade nacional em cinco categorias: brancos finos secos não aromáticos, brancos finos secos aromáticos, tintos finos secos, tintos finos secos jovens e vinho base para espumante. Somente são aceitos vinhos de variedades vitis viníferas 100% varietais, pertencentes a um lote representativo de pelo menos 4 mil litros.

Atenta às mudanças do setor e com o objetivo de cada vez mais contar com a representatividade vinícola brasileira, a Avaliação abre nesta edição a inscrição de amostras por pequenos produtores com produção total de até 50 mil quilos de uva e que tenham um lote representativo de pelo menos 3 mil litros. Outra importante modificação é que além de vinícolas devidamente registradas no MAPA, também poderão inscrever amostras produtores de uvas que têm sua produção vinificada por terceiros, com posterior retorno do vinho pronto para o mesmo.

Encerradas as inscrições, o próximo passo é a coleta das amostras diretamente nas vinícolas, com data prevista para começar em 16 de julho. De posse das amostras, a ABE lidera um amplo trabalho de análise sensorial às cegas durante o mês de agosto, reunindo mais de 100 enólogos de todo o Brasil. Todo processo segue normas internacionais e o resultado é compartilhado no grande momento do vinho brasileiro, que este ano será no dia 28 de setembro, NO Pavilhão E do Parque de Eventos de Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha. É quando cerca de mil apreciadores conhecem os 30% mais representativos da Safra 2019, além de degustar 16 amostras selecionadas para este grande encontro de celebração do vinho brasileiro. As inscrições para o público abrirão somente no dia 4 de setembro.

“Nossa bandeira é o vinho brasileiro. Acima de qualquer marca, a Avaliação Nacional de Vinhos promove o vinho, sua gente e sua cultura. Fazemos isso desde 1993 e nesses 27 anos degustamos um período de evolução da qualidade da produção nacional, mérito que exibimos e somos reconhecidos no mundo inteiro”, destaca o presidente da ABE, Daniel Salvador. O enólogo comenta, ainda, que organizar um evento único, tão representativo e legítimo como a Avaliação, é também prestar uma homenagem a cada viticultor, cada enólogo, cada vinicultor.

Auditório

Fonte: Conceito com Brasil