Novidade da Salton: Salton Campanha

Conheça o Salton Campanha, a homenagem da nossa família à região de Campanha, entre o sul do Rio Grande Sul e o Uruguai.

O corte leva a uva Marselan, conservada em tanque de aço inox para manter sua acidez e leveza, combinada à uva Tannat, amadurecida por 15 meses em barricas de carvalho francês. Fruto do trabalho da quarta geração de enólogos Salton, o Campanha representa a culminação de 140 anos de tradição da família na produção de vinhos e espumantes.

Em 2018, recebeu os prêmios de Ouro do concurso Vinus, Duplo Ouro pelo ranking La Mujer Elige, Bronze pela Decanter, e foi comentado no International Wine Challenge.

O Salton Campanha é o primeiro tinto a integrar a linha DOMENICO, que traz rótulos inovadores e exclusivos em busca de uma nova identidade para o vinho e o espumante brasileiros.

O lote é limitado e conta com apenas 26400 garrafas numeradas.

Fonte: Vinícola Salton

Anúncios

Touriga Nacional do Brasil é Ouro em Portugal

Conquistar um prêmio internacional em Portugal, país com tradição na elaboração de grandes vinhos, num concurso com a chancela da Organização Internacional da Vinha e do Vinho (OIV), ainda mais com um exemplar

elaborado a partir da casta mais emblemática portuguesa é passaporte para a qualidade. Foi isso que aconteceu com o Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017, que saiu da Vinícola Seival Estate/Miolo, em Candiota, na Campanha Meridional, cruzou o Oceano Atlântico e arrematou Medalha de Ouro no International Awards Virtus.

Realizado em Lisboa, de 23 a 25 de março, o International Awards Virtus reuniu um júri internacional formado por 40 especialistas de sete países que avaliou 462 amostras da Alemanha, Brasil, Chile, China, Espanha,
França, Itália, Portugal e Uruguai. O Brasil esteve representado neste concurso PELO ENÓLOGO DA Miolo, Gilberto Simonaggio, também diretor da Associação Brasileira de Enologia (ABE).

A maior vinícola brasileira de vinhos finos mais uma vez mostra ao mundo que o Brasil é sim um grande produtor de vinhos tranquilos, além de espumantes. O Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017 recebeu 93 pontos no Guia Descorchados 2018, e na edição deste ano a safra 2018 acaba de receber 91 pontos. Este é o principal guia de vinhos da América do Sul. Os mesmos 91 pontos foram recebidos no Guia Catad’or. “O fato de ganharmos Ouro com o Touriga Nacional em
Portugal – na sua terra de origem -, valida ainda mais todo o trabalho que vem sendo construído há 19 anos no projeto Seival na Campanha Meridional”, comemora Adriano Miolo, superintendente da Miolo.

Para se chegar a este exemplar, a Miolo testou mais de vinte variedades portuguesas no vinhedo do Seival, onde apenas três prosperaram com resultados espetaculares: a Touriga Nacional, a Tinta Roriz e Alvarinho,
castas que compõem vários vinhos elaborados neste projeto.

O vinho

O Miolo Single Vineyard Touriga Nacional 2017 expressa o terroir da Campanha Meridional. Elaborado a partir de uvas cultivadas no vinhedo da Tapera, quadra 15, parcela B, encantou a equipe técnica da Miolo pela coloração violeta, perfume e sabor. A análise sensorial mostra um vinho de coloração vermelho-violáceo profunda. No nariz, a tipicidade da Touriga Nacional com florais que invadem de princípio ao fim. As notas de carvalho aparecem complexadas, respeitando a flor e fruta característica da uva. O vinho é untuoso, de média a alta estrutura e muito equilibrado, pois apresenta bom volume de boca e acidez refrescante.

Ideal para ser degustado com temperatura de 16ºC a 18ºC.

Ótimo para acompanhar pratos com muita proteína animal, especialmente cárneos, e também vegetal, especialmente feijoadas, comidas de panela com molhos estruturados e bem condimentados, além de queijos maduros de massa semi e dura.

Fonte: Conceito com Brasil

Brasil soma 30 medalhas na França somente este ano

Os vinhos e espumantes brasileiros acabam de conquistar mais 15 prêmios na França. Esta é a terceira distinção do ano no país do Champagne, somando 30 medalhas em três concursos realizados neste país entre março e abril. Desta vez foi o Challenge International di Vin, que ocorreu nos dias 12 e 13 de abril em Burdeos.

O concurso reuniu mais de 5 mil amostras de 37 países, reunindo cerca de 700 profissionais, no mais antigo concurso internacional de vinhos do mundo, além de ser uma das maiores competições do gênero organizada
na França. O evento tem certificação ISO 9001.

PREMIAÇÕES

Medalha de Ouro

Armando Teroldego 2016 – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Aurora Reserva Merlot 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Braziliam Soul Premium Selections Tannat 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Moscatel Rosé – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Jolimont Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2008 – Vitivinícola Jolimont

Jolimont Pinot Noir 2015 – Vitivinícola Jolimont

Ponto Nero Live Celebration Glera – Domno do Brasil

Zanotto Cabernet Sauvignon – 2016 – Vinícola Campestre

Medalha de Prata

Aurora Pequenas Partilhas Cabernet Franc 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Garibaldi Chardonnay Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Ponto Nero Cult Brut – Domno do Brasil

Zanotto Espumante Brut – Vinícola Campestre

Medalha de Bronze

Ponto Nero Live Celebration Moscatel – Domno do Brasil

Zanotto Espumante Moscatel – Vinícola Campestre

Fonte: Conceito com Brasil