Vinhos tranquilos brasileiros superam espumantes em Londres

O espumante brasileiro percorreu um longo caminho até sua qualidade ser incontestável no mundo inteiro. O mesmo desempenho vem sendo registrado com os vinhos tranquilos. Das 52 premiações conquistadas no Decanter World Wine Awards 2019, realizado de 29 de abril a 3 de maio, em Londres, 27 foram arrematadas por vinhos tranquilos, um excelente resultado para quem ainda luta por mais espaço e respeito no mercado consumidor.

Do total de premiações, oito foram Medalhas de Prata, 37 de Bronze e sete Menções Honrosas. Este é o 13º concurso do ano em que os rótulos brasileiros são reconhecidos com premiações internacionais. O Decanter World Wine Awards 2019 reuniu cerca de 17 mil amostras de 57 países. Os vinhos foram organizados para as degustações de acordo com o país, cor, variedade de uva, estilo, safra e preço. Assim, a avaliação ocorreu em grupos de vinhos com características semelhantes

Com mais este resultado, os vinhos e espumantes brasileiros alcançam 187 premiações somente este ano. As distinções vieram de nove países, sendo eles: Espanha, França, Grécia, Hungria, Inglaterra, Itália, México,
Portugal e Suíça.

PREMIAÇÕES

Medalha de Prata

Amitié Cuvee Espumante Brut 2018 – Vitis Comércio de Alimentos e Bebidas

Diana Syrah 2017 – Vinhos Maria Maria

Guaspari Vale da Pedra 2017 – Vinícola Guaspari

Ponto Nero Cult Espumante Brut – Domno do Brasil Ind. e Com

Privilege Espumante Brut – Estab. Vinícola Armando Peterlongo

Salton Espumante Rosé Brut -Vinícola Salton

Sous Les Escaliers Nature – Vinhos Maria Maria

Valduga Terroir Exclusivo Viognier 2018 – Casa Valduga Vinhos

Medalha de Bronze

Armando Memórias Teroldego 2016 – Estab. Vinícola Armando Peterlongo

Aurora Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Aurora

Aurora Pequenas Partilhas Cabernet Franc 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Aurora Procedências Espumante Rosé Brut – Cooperativa Vinícola Aurora

Aurora Reserva Merlot Rosé 2018 – Cooperativa Vinícola Aurora

Brazilian Soul Moscato Rosé – Cooperativa Vinícola Aurora

Casa Geraldo Sauvignon Blanc Alma 2018 – Casa Geraldo Indústria Vitivinícola

Casa Geraldo Syrah 2017 – Casa Geraldo Indústria Vitivinícola

Casa Geraldo Syrah Colheita de Inverno 2016 – Casa Geraldo Indústria Vitivinícola

Casa Perini Espumante Brut – Vinícola Perini

Casa Verrone Sauvignon Blanc 2018 – Casa Verrone

Casa Verrone Speciale Syrah 2017 – Casa Verrone

Casa Verrone Syrah 2018 – Casa Verrone

Don Giovanni Ouro Extra Brut – Vinícola Don Giovanni

Elis Sauvignon Blanc 2018 – Vinhos Maria Maria

Fração Única Mertot 2015 – Vinícola Perini

Garibaldi Espumante Chardonnay Brut 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Moscatel 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Prosecco 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Guaspari Vale da Pedra 2017 – Vinícola Guaspari

Guaspari Vista da Mata Cabernet Franc e Cabernet Sauvignon 2016 – Vinícola Guaspari

Miolo Merlot Terroir 2015 – Miolo Wine Group

Ponto Nero Cult Espumante Brut Rosé – Domno do Brasil Ind. e Com

Ponto Nero Live Celebration Espumante Brut Rosé – Domno do Brasil Ind. e Com

Ponto Nero Live Celebration Glera – Domno do Brasil Ind. e Com

Salton Desejo 2015 – Vinícola Salton

Salton Espumante Brut – Vinícola Salton

Salton Espumante Moscatel – Vinícola Salton

Salton Espumante Prosecco Brut – Vinícola Salton

Salton Espumante Reserva Ouro – Vinícola Salton

Salton Evidence Espumante -Vinícola Salton

Salton Intenso Chardonnay 2018 – Vinícola Salton

Salton Intenso Marselan 2017 -Vinícola Salton

Salton Virtude Chardonnay 2017 – Vinícola Salton

Séries By Salton Espumante Brut Rosé -Vinícola Salton

Séries By Salton Espumante Moscatel -Vinícola Salton

Valduga Terroir Merlot 2015 – Casa Valduga Vinhos

RECOMENDADO – Menção Honrosa

Aurora Reserva Chardonnay 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Cristina Gran Reserva Syrah 2016 – Vinhos Maria Maria

Garibaldi Espumante Pinot Noir Rosé 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Salton Intenso Tannat 2017 -Vinícola Salton

Tempos Philosophia Cabernet Franc 2017 -Vinícola Goes

Valduga Espumante 130 Anos Brut Blanc de Noir – Casa Valduga Vinhos

Villa Lobos Cabernet Sauvignon 2012 – Casa Valduga Vinhos

Anúncios

Nota de Degustação: Panizzon Brut Rosé

Hoje vou falar de um espumante que não pode faltar na minha adega: o Panizzon Brut Rosé.

Quanta elegância e qualidade! Coloração rosada puxando para salmão. É limpído, com perlage intenso e fino. Muito aromático, destacam-se as notas florais, morango e pêssego. Bom volume de boca, apresentando média persistência. Muito agradável e fresco na boca. Retrogosto predominam as notas de morango, ameixa cítrico e pêssego.

17ª CONCURSO VINHOS E DESTILADOS DO BRASIL OCORRE EM JULHO E APRESENTA PRODUTOS EXCLUSIVAMENTE NACIONAIS

Neste ano, o Concurso Vinhos e Destilados do Brasil apresenta a 17ª edição nacional e ocorre entre os dias 15 e 18 de julho. O evento tem como objetivo premiar e destacar a bebida de melhor qualidade, impulsionando a exportação e valorização das bebidas nacionalmente e internacionalmente.

As inscrições e envio de amostras estão abertas até 12 de junho. Do total, 30% recebem o prêmio, concedido em medalhas Duplo Ouro, Ouro e Prata. As amostras de vinhos vêm de todas as regiões produtoras. E destilados de praticamente todos os Estados brasileiros, uma vez que eles, diferentemente dos vinhos, não requerem clima e condições de solo específico para serem produzidos.

Os vinhos são divididos em categorias, como, por exemplo, brancos, tintos, rose, suaves e espumantes. No grupo de destilados podem participar licores, uísques, vodcas, conhaques e, claro, a nossa cachaça.

Credibilidade

O rótulo precisa ser produzido no Brasil e ter registro no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) é um quesito fundamental para a inscrição. Os jurados escolhidos possuem reconhecimento de suas expertises nacional e internacional, sendo eles jornalistas, pessoas que gostam de vinho, mas têm critérios técnicos, compradores e enólogos.

Curiosidades

Segundo pesquisa, os vinhos laureados com as medalhas obtêm 30% de crescimento em suas vendas. “Nesses 17 anos já observamos o salto de qualidade que os produtores nacionais de vinhos e cachaças deram”, conta Eduardo Viotti, presidente do Concurso. Para 2019, alguns jurados já estão confirmados, como duas importantes personalidades do mundo das bebidas adultas, o Sr. Carlos Cabral, do grupo Pão de Açúcar e o Sommelier mais premiado do Brasil o Sr. Dionísio Chaves, do Rio de Janeiro.

Após os resultados, ocorre a premiação dos vencedores, com grande divulgação nas redes sociais, nas revistas Vinho Magazine e Spirits Magazine, através de press releases para imprensa impulsionando não somente a captação de imagem, mas também as vendas.

Inovação

“A partir deste ano teremos o Guia Vinhos e Destilados Do Brasil, que será distribuído em livrarias e pontos de vendas de vinhos e bares. Mais uma forma de divulgar e disseminar a cultura dos produtos nacionais”, ressalta Viotti.

Serviço:

Data final da inscrição: 12/06/19

Endereço para envio de amostras: Av. São Camilo, 412, conjunto12, CEP 06709-150, Granja Viana, Cotia, SP.

Tel.: (11) 4617-3591

Para mais informações acesse:

E-mail: concurso@vinhomagazine.com.br

Site: www.vinhosedestiladosdobrasil.com.br

Fonte: https://noolhardigital.com.br/2019/04/29/17a-concurso-vinhos-e-destilados-do-brasil-ocorre-em-julho-e-apresenta-produtos-exclusivamente-nacionais/

Nota de Degustação: Espumante Courmayeur Brut Chardonnay

Primeira vez que postamos algum rótulo da Vinícola Courmayeur, de Garibaldi/RS, e iniciaremos em grande estilo, falando desse belo espumante Brut Branco, elaborado com a variedade Chaedonnay.

Um espumante de coloração amarelo palha, com perlage fino e abundante. Aromas intenso, elegante, predominando as notas de abacaxi, maçã verde e algum toque de pão tostado. Em boca é agradável, leve e refrescante. Retrogosto destacam-se as notas de abacaxi, maçã verde e cítrico. Bom volume de boca, tem média persistência.

Recomendamos!

8ª Grande Prova Vinhos do Brasil tem júri definido

O prazo de envio de amostras pelas vinícolas para a 8ª Grande Prova Vinhos do Brasil (GPVB) foi encerrado no dia 20 de maio e agora os trabalhos estão concentrados na catalogação dos vinhos em suas categoriaspara a degustação às cegas que acontecerá entre os dias 03 e 06 de junho, no Hotel Vila Galé, na Lapa, no Rio de Janeiro.

Nesta edição, o evento contará com um time de 28 renomados especialistas, o que garantirá total credibilidade aos resultados. A 8ª GPVB contará com a presença de três diplomados pelo WSET, o atual presidente e quatro ex-presidentes
da ABS Rio de Janeiro, o fundador da ABS Sommelier, premiados sommeliers e de restaurantes de referência no Rio de Janeiro, consultores e professores d instituições, professores do WST e jornalistas especializados no mundo do vinho. “Estamos orgulhosos com
o time que reunimos para essa 8ª degustação. Serão quatro dias de intensas experiências ao lado de profissionais que são referência no segmento, como é o caso de Danio Braga, chef, sommelier e fundador da ABS Brasil, um ícone na alta gastronomia brasileira e mundial”, enfatiza Sérgio Queiroz, diretor do Grupo BACO e que também integra o corpo de jurados.

Marcelo Copello, jornalista, diretor do Grupo BACO Multimídia e presidente do júri da GPVB, se diz surpreso com os resultados até o momento, inclusive com as categorias que são dinâmicas em função do número
de vinhos que chegaram. “Já sabemos que este ano teremos novidades entre as categorias”, comemora.

Copello, inclusive, antes mesmo da 8ª GPVB estará na Bélgica, onde receberá o prêmio Born Digital Wine Awards (BDWA), criado em 2011 e o único concurso internacional que premia conteúdo online de vinho em
múltiplos idiomas. “É com imensa alegria que me torno o primeiro lusófono e primeiro latino-americano a receber tal reconhecimento”, ressalta. O prêmio foi conquistado pela matéria intitulada ‘Sustentabilidade no Vinho, o planeta agradece.

Novidades

Além da expectativa do que será apresentado durante as degustações, até o momento, a organização da GPVB tem muitos motivos para comemorar. Além de essa ser a primeira vez que a categoria Bag-in-Box (BIB) integra o certame, o júri terá a possibilidade de degustar
vinhos de uma das três melhores safras registradas na história da nova vitivinicultura brasileira.

Premiação

Nesta 8ª GPVB, a divulgação dos resultados será realizada de forma inédita por meio de transmissão ao vivo pelas redes sociais no dia 17 de junho, às 18h, com a presença de um grupo de críticos e especialistas. Os participantes e interessados em conhecer os grandes campeões e destaques deste ano poderão acompanhar a anúncio ao vivo pelas redes sociais do Grupo Baco (https://www.facebook.com/grupobacomultimidia e @grupobacomultimidia).

O GPVB 2019 conta com o apoio institucional das seguintes entidades: Ibravin, SindiVinho, Aprovale, Vinhos de Altatitude (SC), Vinhovasf, Agavi, Apromontes, Vinhos da Campanha, ABS-RJ e Hotel Vila Galé.

Júri 8ª GPVB

1. Alexsander de Oliveira, sommerlier chefe do Grupo Claude Troisgros

2 . Beto Duarte – jornalista e diretor de documentários

3 . Bruno Vianna, presidente SBSomm, e Dip WSET

4 . Celio Alzer, professor da ABS-Rio

5 . Danio Braga, chef e sommelier, fundador da ABS Brasil

6 . Deise Novakoski, jornalista e consultora em vinhos

7 . Ed Arruda, sommelier chefe do Copacabana Palace

8 . Eder Heck, gerente e sommelier do restaurante Mr Lam

9. Fernando Lima, blogueiro e diretor da ABS-Rio

10. Gilvan Passos, consultor e autor de livros e DVDs sobre vinho

11. Homero Sodré, consultor de vinhos

12. Jéssica Marinzeck, sommelier, Dip Wset

13. João Pedro Lamonica, sommelier campeão do RWFF 2013

14. Jocelyn Sodré, professora de vinhos da Universidade Estácio de Sá

15. Joseph Morgan Jr., presidente da ABS-Rio

16. Luiz Nunes, diretos da ABS-Rio

17. Marcelo Copello, presidente do júri, Grupo BACO Multimídia

18. Marcelo dos Santos, sommelier do Mr Lam

19. Marcelo Rebouças, proprietário da Cave Nacional

20. Maria Helena Tahuata, vice-presidente da ABS-Rio

21. Rafael Puyau, embaixador Enocultura RJ

22. Raphael Zanon, sommelier chefe do restaurante Satyricon

23. Ricardo Farias, diretor da ABS-Rio

24. Rodrigo Machado, Dip Wset e colunista de vinhos na Band News FM/ RS

25. Rodrigo Moura, sommelier e diretor de profissionais da ABS Rio

26. Sérgio Queiroz, Grupo BACO Multimídia

27. Vinícius Queiroz Galvão – jornalista e sub-editor da Revista BACO/ Anuário Vinhos do Brasil

28. Wandyr Hagge, enólogo e Dip Wset

Sobre o Grupo BACO

O Grupo BACO, idealizador e organizador da Grande Prova Vinhos do Brasil, é uma empresa de comunicação, consultoria e inteligência de mercado que tem na geração de conteúdo e nos eventos sua plataforma de atuação. É responsável pela edição da revista BACO, do Anuário Vinhos do Brasil, entre outros produtos editoriais, além de uma série de eventos no Brasil e no exterior. Destaque para o Rio Wine and Food Festival, que vem sendo realizado há seis anos na cidade do Rio de Janeiro.


Espumante Amitié conquista a melhor premiação entre os brasileiros no Decanter World Wine Awards 2019

Lançada a menos de um ano, a linha de espumantes premium Amitié já conquistou algumas das principais premiações do mundo do vinho. O Amitié Cuveé Brut recebeu a melhor pontuação entre as vinícolas brasileiras no Decanter World Wine Awards 2019, o mais importante e influente concurso de vinhos do planeta. O Amitié Cuveé Brut ficou com 91 pontos, sendo avaliada por 219 degustadores de diversas partes do mundo. A premiação da Revista Decanter, uma das principais publicações internacionais de vinhos, ocorreu em Londres, no Reino Unido, envolvendo 16.800 amostras do mundo inteiro, sendo mais de 50 do Brasil.

Também em terras londrinas, os espumantes Amitié receberam duas condecorações no 35º Wine Challenge. O Amitié Brut levou a medalha de Bronze, já o Moscatel recebeu uma recomendação. As bebidas
passaram pelo crivo de um júri internacional formado por 400 degustadores, de 38 países, que tiveram a importante tarefa de avaliar milhares de amostras vindas de 40 países.

A linha de espumantes Premium Amitié foi lançada em setembro de 2018, numa parceria entre a sommelier Andreia Gentilini Milan e a enóloga Juciane Casagrande Doro. As sócias gaúchas buscaram toda a sua expertise no mercado vitivinícola nacional e internacional para desenvolver um produto único, com uma identidade que remetesse ao sentimento de amizade [Amitié, amizade, em francês] e à celebração que o próprio espírito do espumante expressa.

“As premiações são o reconhecimento do nosso trabalho já no início desse projeto de um produto único e diferenciado”, observa Andreia, ex-presidente e atual diretora da Associação Brasileira de Sommeliers, seção Rio Grande do Sul. “O Decanter e o Wine Challenge são os primeiros concursos que a linha Amitié participa. Estamos orgulhosas dessa conquista”, acrescenta Juciane.

Mais sobre a linha Amitié

Desenvolvido na Serra Gaúcha, a linha foi planejada para consumidores que buscam um produto versátil, fresco e frutado, ou seja, a melhor expressão do espumante brasileiro. “É uma bebida para celebrar os bons momentos e encontros. São produtos joviais”, observa Andreia, que trabalha há 12 anos como gestora e consultora de empresas e instituições do setor vitivinícola.

Os espumantes podem ser encontrados nas versões Amitié (Moscatel, Brut e Rosé), além da versão Amitié Cuvée – Brut e Brut Rosé. O Amitié Cuvée Brut e o Brut Rosé são elaborados com uma assemblage das clássicas uvas Chardonnay e Pinot Noir.

Fotos: Amitié/Divulgação

Taís Dihl

.Doc Assessoria de Comunicação

Nota de Degustação: Batalha Chardonnay 2014

Quer uma super dica de um belo Chardonnay??? Aí vai a nossa dica, elaborado pela Vinícola Batalha, da Campanha Gaúcha.

Um vinho de coloração amarelo palha. Aromas intensos, predominando notas amanteigadas, mel e calda de abacaxi. Em boca possui acidez presente, possuindo boa persistência em boca, com notas amateigadas, cítrico bem marcante, além do abacaxi.

Super Recomendamos.

20190412_145724