Apex-Brasil impulsiona exportações do setor vitivinícola

O projeto Wines of Brasil, que conta com a essencial parceria da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), foi criado em 2002 com o objetivo de promover a qualidade dos vinhos brasileiros no mercado internacional. Para isso, desenvolve um trabalho que inicia nas próprias vinícolas, orientando os produtores sobre todas as etapas necessárias para a exportação. Também desenvolve ações de divulgação e promoção em diferentes partes do mundo, como a participação em feiras e outros eventos setoriais e o contato direto com agentes do trade e formadores de opinião.

O Wines of Brasil é mantido por meio de parceria entre o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e a Apex-Brasil e, atualmente, conta com 50 (cinquenta) vinícolas apoiadas.

O projeto atua de forma global nos mercados internacionais considerados estratégicos para as exportações dos vinhos brasileiros: Estados Unidos, China, Paraguai, Colômbia, Chile, Japão, Peru e Reino Unido. O suporte às vinícolas é de fundamental importância e é feito sob pilares de inteligência comercial e estudado estrategicamente de acordo com cada mercado: oferece oportunidades como participação nas maiores feiras de vinho do mundo, a exemplos da Prowein Düsseldorf, Vinexpo NY e CFDF China, que foram realizadas no mês de março. O Wines of Brasil também tem foco no fortalecimento da imagem dos vinhos brasileiros, através de programas como Projeto Imagem – voltado para jornalistas, especialistas e formados de opinião – e ações de apoio nos países-alvos com o objetivo de divulgar o valor agregado que os vinhos brasileiros trazem para a economia brasileira.

Entre os resultados que devem ser destacados como reflexo do apoio da Apex-Brasil ao projeto estão os números mais recentes nas exportações de vinhos e espumantes brasileiros. Foi registrado um aumento de 78,95% em volume e de 32,38% na comercialização dos produtos para o Exterior no primeiro trimestre de 2019, em relação ao mesmo período do ano anterior. No comparativo anual também é comprovada a importância do projeto para o setor. Em 2018 foram vendidos 4.007.658 litros de vinhos tranquilos e espumantes, um incremento de 31,13% em relação ao ano de 2017, quando ocorreu o embarque de 3.064.705 litros para o mercado externo (fonte: Comex Stat).

Fica claro, portanto, que o projeto desempenha um papel de fundamental importância e relevância na afirmação da marca Brasil no mercado mundial de vinhos e espumantes. As vinícolas, por sua vez, atestam que sem esse apoio elas não conseguiriam promover e comercializar os seus produtos de forma assertiva no exterior. Sabemos que o mercado externo demanda um cuidado especial, já que cada destino tem suas particularidades e formas diferentes de inserção. No setor vitivinícola esse grau é ainda mais elevado porque a competição é com players como o Chile e a Argentina, que também contam com apoio dos seus governos na promoção dos vinhos.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s