AULA DE HISTÓRIA EM MEIO AOS VINHEDOS

Na terça-feira, 24 de outubro, a turma do 6º ano I da EEB Padre Antônio Vieira, de Anita Garibaldi, esteve na vinícola Abreu Garcia, participando do projeto História & Vitivinicultura.

Coordenados pelo prof. Gil Karlos Ferri e pelo enólogo Leonardo Ferrari, os estudantes conheceram os vinhedos, o sítio arqueológico e a sede da vinícola, localizada no interior de Campo Belo do Sul. Três questões conduziram as crianças: 1) O que é a vitivinicultura? 2) Qual a importância das vinícolas para a história e o desenvolvimento da nossa região? e 3) O que mais chamou sua atenção durante a visita? As explicações foram anotadas com atenção, para serem inseridas no relatório de saída de campo. No final da atividade, os estudantes realizaram um pick-nick, com lanche saudável e suco de uva integral.

O Projeto História & Vitivinicultura, desenvolvido pelo prof. Gil em parceria com os empresários do setor, ocorre desde 2015 e consiste na realização de saídas de campo dinâmicas, na qual os estudantes aprendem e reforçam seus laços de amizade.

História & Vitivinicultura

Anúncios

Carlos Abarzúa é o Enólogo do Ano 2017

 O título de Enólogo do Ano 2017 saiu para um especialista em espumantes. Carlos Abarzúa, enólogo da Vinícola Geisse há mais de 30 anos, nasceu no Chile, mas veio para o Brasil na década de 1980. Ele recebeu o reconhecimento dos colegas de profissão e da Associação Brasileira de Enologia (ABE), que outorga o prêmio desde 2004, em evento que reuniu mais de 150 enólogos na noite desta sexta-feira, 27, no Salão de Eventos Malbec, no Dall’Onder Grande Hotel. O jantar de confraternização foi alusivo ao Dia do Enólogo e aos 41 anos da entidade, comemorados em 22 de outubro. 

Abarzúa foi eleito pelos colegas de profissão que integram o quadro social da entidade. Ele é o 14º enólogo a conquistar a distinção conferida pela ABE, com o objetivo de enaltecer o profissional que, durante sua trajetória, soube conduzir seu trabalho, não só qualificando o vinho, mas aportando ao mundo do vinho algo a mais. Os 98 enólogos que votaram indicaram 40 nomes, mas foi o de Carlos Abarzúa que somou o maior número de indicações.

 Como prêmio, o Enólogo do Ano 2017 ganhará uma viagem técnica com a finalidade de visitar uma feira do setor vitivinícola. O chileno veio para o Brasil na década de 1980 e atua há mais de 30 anos na Geisse. Com formação pelo Inacap de Santiago do Chile, já participou de mais de 20 congressos e seminários no Brasil e no exterior. Também é degustador em concursos internacionais no mundo inteiro, tendo participado em eventos no Brasil, Bulgária, Espanha, Eslovênia, Estados Unidos, Itália e Panamá.

Realizou diversos cursos de especialização na Argentina, Chile, Espanha, Estados Unidos, França e Portugal. O especialista em espumantes, foi presidente da ABE no biênio 2008-2009. “Carlos Abarzúa é um dos enólogos que conquistou posição de liderança no setor e merece nosso reconhecimento. A escolha expressa a vontade dos associados e nos deixa orgulhoso em saber que o Brasil pode contar com o profissionalismo de enólogos como o Abarzúa”, destaca o presidente da ABE, Edegar Scortegagna.

 ENÓLOGOS HOMENAGEADOS

Enólogo do Ano 2004 – Antônio Czarnobay

Enólogo do Ano 2005 – Gilberto Pedrucci

Enólogo do Ano 2006 – Firmino Splendor

Enólogo do Ano 2007 – Adriano Miolo

Enólogo do Ano 2008 – Ismar Pasini

Enólogo do Ano 2009 – Nauro José Morbini

Enólogo do Ano 2010 – Lucindo Copat

Enólogo do Ano 2011 – Daniel Dalla Valle

Enólogo do Ano 2012 – Dirceu Scottá

Enólogo do Ano 2013 – Juliano Daniel Perin

Enólogo do Ano 2014 –  Delto Garibaldi

Enólogo do Ano 2015 – Christian Bernardi

Enólogo do Ano 2016 – Flávio Zílio

Enólogo do Ano 2017 – Carlos Abarzúa

FONTE: Conceito Com Brasil

JS4-1032

Vinícola Aurora conquista 4 medalhas no 10º Concurso do Espumante Brasileiro

Em sua décima edição, realizada em Garibaldi (RS) na última semana, o Concurso do Espumante Brasileiro premiou quatro rótulos elaborados pela Vinícola Aurora, sendo um deles escolhido entre os jurados como o destaque em sua categoria. Conde de Foucauld Demi-sec Branco, marca tradicional da vinícola que atrai apreciadores de diferentes perfis de consumo nas cinco regiões do Brasil, recebeu a distinção Cleber Andrade na categoria Demi-sec. A distinção leva o nome do enólogo que deixou marcas significativas na evolução do vinho brasileiro e faleceu há alguns anos e foi dada aos espumantes, premiados na competição deste ano e que passaram pela degustação de preferência pelos jurados. Os outros três espumantes da Vinícola Aurora premiados no concurso foram o Saint Germain Demi-sec Branco, o Aurora Procedências Chardonnay e o Conde de Foucauld Brut Branco.

 Os 53 jurados do 10º. Concurso do Espumante Brasileiro (enólogos, sommeliers e jornalistas especializados) avaliaram as 308 amostras inscritas, de 80 vinícolas, representantes de 7 estados. O concurso seguiu as normas da Organização Mundial da Uva e do Vinho (OIV) e de acordo com as regras internacionais dos certames oficiais, premia 30% dos inscritos. Nesta edição do concurso, de forma inédita, todos os classificados entre os 30% em cada categoria receberam medalhas de ouro por terem atingido pontuação de 88 a 91 pontos.

 Estes e os demais rótulos da Vinícola Aurora, das marcas Aurora, Marcus James, Conde de Foucauld, Saint Germain entre outros, podem ser encontrados no território brasileiro em restaurantes, lojas especializadas e em grandes redes de varejo.

 Conde de Foucauld Demi Sec

Cooperativa Vinícola Aurora

Visite o site: www.vinicolaaurora.com.br

SAC: 0800 701 4555

Matriz Bento Gonçalves (RS): (54) 3455-2000

Filial São Paulo: (11) 3051-6124

Escritórios e representantes em todo o território nacional

Enólogo do Ano 2017 será conhecido sexta

A Associação Brasileira de Enologia (ABE) tem muitos motivos para brindar o mês de outubro. Foi no dia 22 de outubro de 1976 que surgia a entidade, data que também passou a comemorar o Dia do Enólogo. A celebração foi ganhando status, reunindo dezenas de enólogos de todo o Brasil, e desde 2004 passou a distinguir um eleito pelos próprios colegas como o Enólogo do Ano. Este ano, será escolhido o 14º enólogo a receber a distinção. A votação encerrou dia 20 de outubro, com uma adesão de 98 associados que indicaram 40 enólogos para a distinção.

 A divulgação do vencedor acontecerá durante o jantar em comemoração ao Dia do Enólogo e 41 anos da ABE, programado para 27 de outubro, no Salão Malbec do Dall’Onder Grande Hotel, em Bento Gonçalves. O enólogo mais votado será premiado com uma viagem com a finalidade de visitar uma feira do setor vitivinícola. A distinção tem o objetivo de enaltecer a trajetória do profissional que, durante sua trajetória, soube conduzir seu trabalho, não só qualificando o vinho, mas aportando ao mundo do vinho algo a mais.

 Além de ter formação em Enologia e Viticultura, o indicado deve trabalhar em prol do profissional de Enologia, ter cinco anos de experiência no ramo, estar exercendo a atividade, ter atuação setorial, contemplar inovação tecnológica, ser associado da ABE, no mínimo há três anos, além de estar em dia com a tesouraria. O presidente não pode concorrer. “Este prêmio é uma justa homenagem a todo enólogo que se dedica, incansavelmente, a não apenas transformar a uva em vinho, mas a engarrafar qualidade e emoção, contribuindo para posicionar o Brasil entre os principais produtos mundiais”, destaca o presidente da ABE, enólogo Edegar Scortegagna.

 ENÓLOGOS HOMENAGEADOS

Enólogo do Ano 2004 – Antônio Czarnobay

Enólogo do Ano 2005 – Gilberto Pedrucci

Enólogo do Ano 2006 – Firmino Splendor

Enólogo do Ano 2007 – Adriano Miolo

Enólogo do Ano 2008 – Ismar Pasini

Enólogo do Ano 2009 – Nauro José Morbini

Enólogo do Ano 2010 – Lucindo Copat

Enólogo do Ano 2011 – Daniel Dalla Valle

Enólogo do Ano 2012 – Dirceu Scottá

Enólogo do Ano 2013 – Juliano Daniel Perin

Enólogo do Ano 2014 –  Delto Garibaldi

Enólogo do Ano 2015 – Christian Bernardi

Enólogo do Ano 2016 – Flávio Zílio

Fonte: Conceito com Brasil

ABS-RS revela a vitivinicultura argentina em masterclass na capital gaúcha

Uma viagem enogastronômica pelos principais terroirs argentinos. Essa é a proposta da Masterclass Argentina de Norte a Sul, promovida pela secção gaúcha da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-RS), que acontece no próximo dia 30, no
Casual Gastrobar, em Porto Alegre. O curso será proferido pela argentina Deby Benitez, sommelier com especialização em comércio de vinhos, e pelo diretor de Degustação da ABS-RS, Vinícius Santiago. A aula será ministrada tanto em português como em espanhol.

Os participantes terão a oportunidade de degustar nada menos do que 12 vinhos de todos os terroirs do país, passando pelos mais conhecidos, como  Mendoza e suas sub-regiões, até a novíssima região de Buenos Aires, onde se encontram vinícolas
como Zuccardi, Fernando Dupont, Alfredo Roca, Collovati, Finca Quara, entre outras. “É uma oportunidade única. Serão apresentados vinhos selecionados como os melhores que podem expressar o terroir. Isso permite diferenciar os estilos do Malbec de Mendoza e
como certas variedades se adaptaram e são referentes de certas regiões e cultivam cada vez mais áreas, como a novidade dos vinhedos da capital argentina”, observa a presidente da ABS-RS, Andreia Gentilini Milan.

Masterclass Argentina De Norte a Sul

Dia: 30 de outubro;

Local: Casual Gastrobar – Rua General Câmara, 424, Centro Histórico, Porto Alegre;

Horário: 20h;

Investimento:
Público geral: R$ 190,00
Links de inscrição:  https://pag.ae/bdp621r

Sócios ABS-RS: R$ 30,00
Links de inscrição: https://pag.ae/bhp62N3

Outras informações:
contato@absrs.com.br
54 99972 0130

​Galeria de Arte da Villa Francioni recebe o talento do artista plástico e jornalista italiano Walter Tommasi

Criações do renomado artista plástico italiano, Walter Tommasi, estarão expostas na vinícola em São Joaquim, a partir do dia 28 de outubro na exposição que traz obras feitas com colagem, mosaico e marchetaria.  A mostra “Olhares em retrospectiva – 40 anos” contará com trabalhos distribuídos em três fases, que marcam seus 40 anos de trajetória profissional, integrando belas pinturas sobre vinho.   
Essa exposição promete surpreender o público com a inclusão de obras antigas de seu acervo. Entre as artes exibidas, estarão as desenvolvidas com a técnica de xilopintura: “M” de 1997; “Solitude” de 1992; “O Ser” de 1991; juntamente com suas obras mais atuais de marchetaria com mosaico: “O Pirata Bonachão”, de 2016; “Crucifixo da Paixão” de 2016; “Belle Epoque”, também de 2016; e a “In Your Eyes” de marchetaria, ano 2017, entre outras.

Saiba mais: http://www.villafrancioni.com.br/galeria-de-arte-da-villa-francioni-recebe-o-talento-do-artista-plastico-e-jornalista-italiano-walter-tommasi/

MEDALHAS DE OURO PARA OS ESPUMANTES DA ABREU GARCIA NO MAIOR EVENTO NACIONAL

“É muita honra”, festeja Dr. Ernani Garcia, da Abreu Garcia, ao ser agraciado ontem com duas Grandes Medalhas de Ouro durante o 10º Concurso do Espumante Brasileiro, em Garibaldi (RS), o mais importante evento nacional.
Estiveram em julgamento 308 espumantes de 80 vinícolas. A Abreu Garcia ganhou a primeira medalha de ouro com o Brut Rosé Champenoise 2016, e a segunda medalha foi para a emblemática espumante Geo – única no país elaborada a partir de uvas da variedade Vermentino. 


Nossa vinícola, a primeira da lista em ordem alfabética, e a única representante catarinense na categoria, foi o principal destaque e logo na abertura da premiação.
Após receber a honraria, comemorou Dr. Ernani: “Foi muito emocionante estar no meio dos maiores produtores do Brasil, dentre os quais Adriano Miolo, Carlito e Galvão Bueno. Todos os melhores estavam neste histórico evento”, realizado na Capital Brasileira do Espumante.

ABREU GARCIA