Exportação de espumantes brasileiros cresce 36,6% até outubro

As exportações de espumantes brasileiros apresentaram um crescimento de 36,6% de janeiro a outubro deste ano em relação ao mesmo período de 2015. Foram comercializados 153,3 mil litros da bebida para o Exterior. Em valor, o desempenho cresceu 48,7%, atingindo US$ 636,7 mil. Reino Unido, Estados Unidos e Paraguai estão entre os principais destinos do produto. No mercado interno, devido a fatores como quebra de safra e conjuntura econômica, as vendas apresentaram retração de 11,6%, com a negociação de 11,4 milhões de litros. Entretanto, o desempenho comercial de 2016 da categoria apresenta alta de 8,2% em relação à média acumulada nos últimos cinco anos. O último trimestre, que no ano passado concentrou 49,5% das vendas anuais do produto, deve apresentar estabilidade nas comercializações.

O presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Dirceu Scottá, analisa o cenário de vendas de espumantes em duas frentes. Na primeira, o dirigente destaca o aumento das exportações da bebida para alguns dos países-alvos do projeto setorial da entidade em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o Wines of Brasil, o que demonstra recuperação do fôlego no mercado externo e consolida a imagem do país como um produtor de espumantes de qualidade e identidade reconhecidas.

Por outro lado, a queda verificada no mercado interno é justificada pelo presidente devido à quebra de safra de 57%, que aumentou os custos de produção e o preço final, e à crise econômica. “O setor vitivinícola não está descolado da realidade do país e também sofre com o momento conturbado que atravessamos. Nas exportações é cada vez mais visível a nossa vocação para espumantes e a ótima aceitação dos mercados”, afirma.

Scottá também valoriza o grande número de premiações – de 2010 a 2015, foram mais de 1,3 mil medalhas em concursos internacionais para os espumantes brasileiros –, a divulgação na mídia e os investimentos das vinícolas em tecnologia que têm priorizado a elaboração da bebida para o resultado das exportações. Em outubro, a Decanter Magazine, uma das principais publicações internacionais do segmento, deu grande destaque para a produção verde-amarela, classificando o estágio atual do desenvolvimento do setor como “histórico e consistente”.

Projeção para o final de ano é de estabilidade nas vendas

O presidente do Ibravin antecipa que as vendas no final do ano não deverão repetir o crescimento registrado nos últimos anos. Entretanto, o fato de grande parte do volume de espumantes serem comercializados no último trimestre pode ocasionar num resultado final de vendas semelhante ao registrado em 2015. “As comercializações neste período costumam ser maiores em volume em função das festas de final de ano, o que pode ajudar nesta recuperação das vendas até outubro”, projeta. Para efeitos de comparação, em todo o ano passado, foram comercializados 18,8 milhões de litros do produto, sendo que 9,28 milhões de litros foram efetivados apenas no último trimestre.

O vice-presidente do Ibravin e presidente da Federação das Cooperativas Vinícolas do Rio Grande do Sul (Fecovinho), Oscar Ló, também acredita numa recuperação nas vendas de espumantes nos dois últimos meses. O dirigente vê com otimismo o mercado para a bebida, apesar da retração registrada até o mês de outubro. “Todos os segmentos apresentaram queda nas vendas, inclusive os espumantes e o suco de uva. Mesmo assim, acreditamos num pequeno crescimento para a categoria e torcemos para termos uma boa safra para podermos equalizar melhor os custos de produção com o preço na gôndola”, explica.

Fonte: http://ibravin.org.br/Noticia/exportacao-de-espumantes-brasileiros-cresce-36-6-ate-outubro/214

Anúncios

Qualidade na Taça conclui atividades superando expectativas

O Qualidade na Taça, projeto que visa qualificar o atendimento e aumentar a comercialização dos vinhos, espumantes e sucos de uva brasileiros no mercado interno junto aos pequenos negócios de alimentação fora do lar conclui suas atividades nesta quarta-feira, dia 30, comemorando resultados. A ação é desenvolvida pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) e pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Desde setembro de 2014, 2,6 mil profissionais, de 1,3 mil estabelecimentos de 14 estados brasileiros, foram instruídos por consultores e sommeliers, preparados com a metodologia do projeto, com a curadoria da sommeliérie Silvia Mascella Rosa. Nesses dois anos, foram capacitadas 85 turmas. “Superamos todas as nossas expectativas. O projeto é de extrema relevância para o setor. As pessoas mudam a percepção quando conhecem o produto e acabam tendo mais poder de argumentação na venda”, avalia o presidente do Ibravin, Dirceu Scottá.

Desde domingo (27) até essa quarta-feira (30) circulam pela Serra Gaúcha 32 profissionais de bares, restaurantes e lojas especializadas em bebidas de 16 cidades brasileiras. Durante os quatro dias, o grupo visitará seis vinícolas da região e também assistirá uma apresentação da biomédica Caroline Dani sobre o suco de uva e seus benefícios à saúde. Os convidados – gestores e sommeliers dos empreendimentos– foram escolhidos tendo como critério os participantes do projeto que obtiveram maior destaque durante as capacitações.

“Diversos depoimentos de participantes revelaram que, até então, não tinham tido a oportunidade de estudar e se aprofundar mais sobre o assunto. Por meio do Qualidade na Taça também conseguimos aumentar a quantidade de rótulos brasileiros nos estabelecimentos”, comemora o gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini.

O Qualidade na Taça é financiado pelo Sebrae com contrapartida do Fundo de Desenvolvimento da Vitivinicultura (Fundovitis-RS).

CIDADES PARTICIPANTES DO QUALIDADE NA TAÇA:
Belo Horizonte (MG)
Brasília (DF)
Campinas (SP)
Cuiabá (MT)
Curitiba (PR)
Florianópolis (SC)
Fortaleza (CE)
Goiânia (GO)
Gramado (RS)
Manaus (AM)
Natal (RN)
Porto Alegre (RS)
Recife (PE)
Rio de Janeiro (RJ)
Salvador (BA)
São Paulo (SP)

FONTE: http://ibravin.org.br/Noticia/qualidade-na-taca-conclui-atividades-superando-expectativas/215

Nota de Degustação: Salvattore Moscatel

A Vinícola Salvador é destaque na elaboração de vinhos finos e espumantes. Estabelecida em um pavilhão histórico no município de Flores da Cunha, na Serra Gaúcha, faz da natureza o segredo dos complexos vinhos elaborados, dentro de um ambiente arquitetônico cultural minuciosamente restaurado

Dentre os rótulos por eles elaborados está o Salvattore Moscatel, que para mim, está entre os melhores Moscatéis do Brasil!!!

Apresenta uma coloração amarelo palha com reflexos esverdeados. Perlage fino, abundante e constante! Qualidade aromática fantástica, muito intensa e elegante, predominando as notas de maçã verde, pêra, abacaxi e nuances florais. Bom volume de boca, refrescante, ótimo equilíbrio entre açúcar e acidez. Retrogosto muito agradável, predominando no retrogosto as notas de pêra e maçã verde.

Para quem aprecia um bom Moscatel, com certeza, o Salvattore Moscatel é a opção certa!

20160809_130726

Nota de Degustação: Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon 2014

Não é novidade para ninguém que a região da Campanha Gaúcha desponta como uma das regiões mais promissora na elaboração de vinhos finos no Brasil.

E quando falamos em Campanha Gaúcha não podemos deixar de falar na Vinícola Guatambu. Vinhos e espumantes da melhor qualidade!

E hoje falaremos sobre o Rastros do Pampa Cabernet Sauvignon 2014. Vinho que apresenta uma coloração Rubi com reflexos violáceos. Aroma muito elegante e intenso, predominando as notas de ameixa, morango, e nuances de pimenta. Em boca apresenta acidez muito equilibrada, taninos redondos, harmônicos. Boa persistência e de corpo mediano, predominam no retrogosto as notas de morango, ameixa e amora.

Vinho muito agradável, elegante, jovial! Sem dúvidas, uma ótima escolha.

20160809_130704

 

 

Primeira edição do Festival de Espumantes, Vinhos e Sucos de Uva contará com a participação da Vinícola Fazenda Santa Rita

A Vinícola Fazenda Santa Rita participará do 1º Festival de Espumantes, Vinhos e Sucos de Uva que acontece de 01 a 04 de dezembro de 2016. O Festival é uma realização do Shopping San Pelegrino, de Caxias do Sul/RS em parceria com a Revista Bon Vivant.

O Shopping San Pelegrino sediará o evento que tem como objetivo promover a cultura do vinho através de degustações orientadas e aulas de harmonização entre o vinho e a comida. E, claro, os visitantes poderão tirar suas dúvidas direto com os produtores participantes.

Todos os espumantes e vinhos da Vinícola Fazenda Santa Rita estarão disponíveis para degustação e serão comercializados. Na oportunidade, também estarão disponíveis as informações relacionadas ao enoturismo da Vinícola, fazendo com que o consumidor conheça também esse atrativo.

O 1º Festival de Espumantes, Vinhos e Sucos de Uva acontece nos seguintes horários:

Quinta e sexta-feira, das 17h às 22h;

Sábado das 14h às 22h;

Domingo das 14h às 20h.

Vale salientar que o evento terá entrada gratuita e atividades educacionais paralelas, também sem custo.

1o-festival-de-espumantes-vinhos-e-sucos-de-uva

Peterlongo é campeã internacional em Mendoza

A Peterlongo, de Garibaldi (RS), não para de comemorar 2016. A centenária vinícola é campeã internacional no La Mujer Elige 2016 – 12º Concurso Internacional de Vinhos e Licores, numa edição excepcional, que homenageou o seu criador Raúl Castellani, além dos 20 anos do concurso. Em júri formado somente por mulheres experts do mundo do vinho, a Peterlongo arrematou nove medalhas com destaque para as duas Ouro Duplo com os espumantes Privillege Demi Sec e Presence Moscatel Rosé, que alcançaram 95 e 94 pontos, respectivamente.

 A coleção de prêmios se completou com seis Medalhas de Ouro conferidas aos espumantes Privillege Brut Rosé, Presence Moscatel Branco, Presence Brut, Elegance Brut, Presence Extra Brut e Prosecco. O espumante Elegance Nature ficou com Medalha de Prata. Além disso, o Privillege Demi Sec foi o grande Campeão dos Espumantes do concurso, com a maior nota conferida.

 Os prêmios integrarão o Ranking Mundial de Vinhos 2017. “A qualidade dos nossos espumantes vem sendo reconhecida no Brasil e no exterior. Estamos muito felizes, pois a cada medalha conquistada reafirmamos nossa certeza de que estamos no caminho certo e que o resultado tem se espelhado em todo nosso time de espumantes”, comemora Luiz Carlos Sella, sócio diretor da vinícola.

 Com as premiações, a vinícola se prepara para fechar 2016 erguendo muitos brindes. Foram 31 prêmios só neste ano, sendo sete Grande Ouro. O destaque de 2016 foi o multipremiado Privillege Brut Rosé, que além deste Ouro em Mendoza, também conquistou Ouro no Brazil Wine Challenge e no Vinus realizado na Argentina, além de Duplo Ouro no Concours Mondial de Bruxelles e Prata no Mondial des Pinots, na Suíça.

 O La Mujer Elige ocorre a cada dois anos na cidade de Mendoza, na Argentina. Em sua 20ª edição, reuniu amostras de 162 vinícolas de 19 países.

 OS PRÊMIOS

Produto

Nota

Medalha

Vinho Branco Espumante Demi Sec Privillege Peterlongo

95

Ouro Duplo

Vinho Moscatel Rose Espumante Presence Peterlongo

94

Ouro Duplo

Vinho Rose Espumante Brut Privillege Peterlongo

92

Ouro

Vinho Moscatel Branco Espumante Presence Peterlongo

91

Ouro

Vinho Branco Espumante Brut Presence Peterlongo

90

Ouro

Vinho Branco Espumante Brut Elegance Peterlongo

90

Ouro

Vinho Branco Espumante Extra Brut Presence Peterlongo

89

Ouro

Vinho Branco Espumante Brut Prosecco Peterlongo

89

Ouro

Vinho Branco Espumante Nature Elegance Peterlongo

86

Prata

Vinho Branco Espumante Demi Sec Privillege Peterlongo

Campeão Espumantes

Concurso La Mujer Elige 2016 premia vinhos e espumantes brasileiros

Os vinhos e espumantes brasileiros não param de se destacar em concursos internacionais. Desta vez, 39 produtos foram premiados na 20ª edição do Concurso Internacional de Vinhos e Licores La Mujer Elige, realizado entre os dias 9 e 11 de novembro no Hotel The Mod, em Mendoza, na Argentina. Conhecido por valorizar a trajetória feminina no mundo vinícola, o concurso reuniu 42 degustadoras para avaliarem 457 amostras oriundas de 19 países.

 Estiveram representando o Brasil as enólogas Angela Marcon e Caroline Chieli, além da jornalista Sara Bodowsky. Para Angela, a participação no concurso foi uma experiência emocionante. “Pude perceber o quão importante é dar continuidade a 20 anos de trabalho em prol da melhoria da qualidade dos vinhos. Nós, mulheres, enólogas, sommeliers ou enófilas que tivemos a oportunidade de participar deste concurso, devemos nos sentir orgulhosas e gratas pela homenagem e pelo espaço que o Sr. Raul Castellani, idealizador do La Mujer Elige, sempre garantiu ao evento”, resume.

 O corpo de juradas do Concurso Internacional de Vinhos e Licores La Mujer Elige 2016 foi composto por mulheres de diferentes segmentos ligados à cultura dos vinhos, como enólogas, sommeliers e jornalistas especializadas. Esta edição do concurso prestou homenagem ao engenheiro agrônomo Raul Castellani, falecido neste ano, responsável pela organização de importantes concursos internacionais de vinhos e azeites, como La Mujer Elige, Vinus, e Olivinus.

 VINHOS BRASILEIROS PREMIADOS

Campeão na Categoria Espumantes

Peterlongo Espumante Demi Sec – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

 Medalha de Ouro Duplo

Aurora Reserva Chardonnay 2015 – Cooperativa Vinicola Aurora

Casa Perini Espumante Moscatel – Casa Perini

Casa Valduga Arte Tradicional Brut Rosé – Casa Valduga Vinhos Finos

Decima Espumante Brut Rosé 2016 – Cia Piagentini de Bebidas e Alimentos

Garibaldi Espumante Moscatel Rosé – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Prosecco – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Moscatel – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Ponto Nero Espumante Brut Rosé de Noir – Domno do Brasil

Presence Peterlongo Espumante Moscatel Rosé – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Privillege Peterlongo Espumante Demi Sec – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

 Medalha de Ouro

Aurora Espumante Moscatel – Cooperativa Vinicola Aurora

Aurora Reserva Merlot 2015 – Cooperativa Vinicola Aurora

Casa Perini Marselan 2014 – Casa Perini

Casa Valduga Arte Tradicional Brut – Casa Valduga Vinhos Finos

Casa Valduga Leopoldina Merlot – Casa Valduga Vinhos Finos

Casa Valduga Leopoldina Merlot Rosé – Casa Valduga Vinhos Finos Ltda

Decima Prosecco Brut 2016 – Cia Piagentini de Bebidas e Alimentos

Elegance Peterlongo Espumante Brut – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Garibaldi Espumante Brut Chardonnay – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Brut – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Lunar Perfetto Espumante Brut Rosé 2016 – Famiglia Zanlorenzi

Lunar Perfetto Espumante Moscatel 2016 – Famiglia Zanlorenzi

Marcus James Espumante Brut – Cooperativa Vinicola Aurora

Peterlongo Espumante Prosecco Brut – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Poesia do Pampa Espumante Brut – Vinícola Guatambu

Ponto Nero Espumante Brut Blanc de Blanc – Domno do Brasil.

Ponto Nero Espumante Brut – Domno do Brasil

Ponto Nero Espumante Brut Rosé – Domno do Brasil

Presence Peterlongo Espumante Brut – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Presence Peterlongo Espumante Extra Brut – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Presence Peterlongo Espumante Moscatel Branco – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Privillege Peterlongo Espumante Brut Rosé – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Zanotto Chardonnay 2015 – Vinícola Campestre

 Medalha de Prata

Aurora Espumante Brut – Cooperativa Vinicola Aurora

Elegance Peterlongo Espumante Nature – Estabelecimento Vinícola Armando Peterlongo

Luar do Pampa Espumante Rosé 2016 – Vinícola Guatambu

Zanotto Cabernet Sauvignon 2015 – Vinícola Campestre

Zanotto Merlot 2014 – Vinícola Campestre