Espanha premia terroir brasileiro

O Brasil segue arrematando prêmios mundo afora. Desta vez, os vinhos e espumantes brasileiros foram reconhecidos no ConcursoInternacional de Vinos y Espirituosos, realizado de 31 de março a 3 de abril em Cáceres, na Espanha. Sete medalhas foram conferidas por um júri internacional formado por 40 especialistas.

O concurso reuniu 800 amostras de 16 países. O Brasil foi o único a alcançar o prêmio Gran Cinve na categoria espumante.

PREMIAÇÕES

Gran Cinve

Aliança Espumante Moscatel 2019 – Cooperativa Nova Aliança

CINVE de Ouro

Garibaldi Espumante Chardonnay 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Moscatel 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

CINVE de Prata

Aurora Reserva Chardonnay 2017 – Cooperativa Vinícola Aurora

Garibaldi Espumante Amaze Chardonnay 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Garibaldi Espumante Pinot Noir 2018 – Cooperativa Vinícola Garibaldi

Terroir Exclusivo Tannat 2015 – Casa Valduga Vinhos Finos

Fonte: Conceito com Brasil

Anúncios

ABS-RS lança curso de Sommelier Master em Porto Alegre

Sempre em busca de novidades para os amantes do mundo do vinho, a Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-RS) do Rio Grande do Sul lança o Curso de Sommelier Master. Com o propósito de atender profissionais da gastronomia e enófilos que buscam se aprofundar

no conhecimento da bebida de Baco, o curso acontecerá no novo centro de inovação da Capital Gaúcha, o 4º Distrito, sempre às segundas-feiras à noite. “Este é o mais profundo e completo curso de formação de sommeliers do Rio Grande do Sul. São dois anos de
aulas e carga horária de 320h, período comparado a uma pós-graduação”, define o presidente da ABS-RS, Orestes de Andrade Jr.

A programação está dividida em três níveis. No primeiro, o foco é compreender a história do vinho, os principais métodos de elaboração e a sua relação com a gastronomia. No segundo nível, o estudo será voltado para a enogeografia, ou seja, o estudo dos vinhos
de acordo com a sua origem. Já no terceiro e último nível, são aprofundadas questões sobre serviço, outras bebidas e mercado. A cada nível, o aluno receberá um certificado e um pin – bronze (nível 1), prata (nível 2) e ouro (nível 3).

As aulas do primeiro nível têm início no dia 20 de maio e seguem até 16 de dezembro. As inscrições já estão abertas e as vagas são limitadas. “Esse curso foi elaborado a partir da demanda do próprio mercado. Foi um pedido de restaurantes e importadoras, tanto
que as aulas acontecem nas segundas, período de menor movimento dos restaurantes, por exemplo”, esclarece o presidente.

Diferentemente do Curso de Sommelier Profissional ministrado na Serra, que possui menor carga horária (112 horas), o Sommelier Master também permite um maior aprofundamento nos temas da sommelerie. São quatro encontros para tratar de “vinhos espumantes”, por
exemplo; e outros cinco para abordar enogastronomia. Além disso, são apresentados novos conteúdos, como a química do vinho e as relações da bebida com a saúde. “O Curso de Sommelier Profissional já está consolidado. Hoje temos três turmas ao longo do ano.
A turma que começa em abril lotou dois meses antes do início do curso e temos uma lista de espera para lotar outra turma. Queremos repetir esse sucesso com o Curso Sommelier Master”, destaca Orestes Jr.

Serviço:

Curso Sommelier Master

Inscrições Abertas Nível 1

Duração: 20 de maio a 16 de dezembro

Quando: segundas-feiras, das 19h às 22h

Onde: Avenida Berlim, 628 – bairro São Geraldo, 4º Distrito de Porto Alegre

Investimento:

· Associados ABS-RS

R$ 3.990,00 (parcelado em 10x no cartão de crédito)

· Não associados ABS-RS

R$ 4.230,00 (parcelado em 10x no cartão de crédito)

Inscrições no site www.absrs.com.br

Nota de Degustação: Espumante Batalha Nature Brut Branco

Aprecio muito os vinhos e espumantes elaborado pela Vinícola batalha, sempre muito bem elaborados e com qualidade.

Espumante que apresenta coloração amarelo ouro. Límpido. Perlage fino e de boa duração. Apresenta boa qualidade aromática, intenso, predominando as notas de calda de abacaxi, noz moscada, mel e casca de pão. Em boca é intenso, apresentando boa cremosidade e volume de boca, acidez mediana, com retrogosto predominando as notas de damasco, casca de laranja, mel, manteiga e pão.

Um espumante muito equilibrado, de muita qualidade no aspecto global.
20181207_142439

Nota de Degustação: Chardonnay Fazenda Santa Rita 2016

Hoje falaremos sobre um dos melhores Chardonnays elaborado no Brasil, mais especificamente nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul.

A qualidade desse vinho, em uma avaliação global é espetacular!!

Vinho de coloração palha intenso, com algum reflexo dourado. Límpido. Um dos grandes destaques desse vinho é a sua qualidade aromática, é intenso e elegante, predominando as notas de mel, casca de pão, abacaxi, baunilha e maçã verde. Em boca possui acidez mediana. Boa persistência, tendo em seu retrogosto o predomínio das notas advindas do estágio que passou em barricas de carvalho, como o mel, a baunilha, além das notas de abacaxi e casca de pão, que dão complexidade e ainda mais qualidade a esse vinho.

Onde comprar? https://www.vinicolafazendasantarita.com.br/produto/chardonnay-2016-fazenda-santa-rita/

Ótimo custo-benefício!!!!

20181107_195022

Nota de Degustação: Salton Prosecco 2018

Antes de falar desse espumante, eu gostaria de parabenizar a Salton por esse espumante.

É Muito bom, e em todos os cursos que ministro ele é muito muito elogiado!

Apresenta uma coloração amarelo palha, brilhante e límpido. Perlage fino, intenso e duradouro. Muito aromático, elegante e intenso, predominando as notas cítricas, abacaxi, maçã verde e nuances de casca de pão. Em boca possui bom volume de boca, muito fresco e jovial, predominando as notas de maçã verde, pêra, e casca de pão.

Um espumante de muita qualidade! Vale a pena comprar e aprecia-lo.

20181207_135313

Safrado e com DOVV, nasce o Miolo Millésime Brut Rosé

Premiado antes mesmo de ser lançado, o Miolo Millésime Brut Rosé 2017, com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), chega para completar a linha de mais alto nível de espumantesda Vinícola Miolo. Ao lado do Miolo Millésime Brut, a versão rosé forma a dupla mais sofisticada e de luxo da marca. São apenas 7 mil garrafas.

Elaborado pelo método tradicional (fermentação na garrafa), com 18 meses de autólise, o Miolo Millésime Brut Rosé 2017 é resultado da vinificação de 100% de uvas tintas da variedade
Pinot Noir, cultivadas em vinhedos próprios no Vale dos Vinhedos. Justamente por isso e por passar por rigorosas análises físico-químicas e sensoriais, é que o produto estreia com DOVV, que expressa o terroir da única região com Denominação de Origem de vinhos
do Brasil. O espumante somente será lançado em safras excepcionais.

Atenta e acompanhando as tendências do crescimento dos espumantes rosés no mercado, a Miolo aposta no produto, exaltando o luxo. A nova roupagem da linha, agora mais imponente, chega
para impactar o consumidor que busca uma experiência única. Para lançar o produto, a campanha ‘Ser um ícone é questão de estilo e conteúdo’, ganha espaços em delicatessens, restaurantes e na loja virtual da marca, além do varejo da Miolo.

O espumante ícone do Brasil é a segunda novidade do ano da Vinícola Miolo, numa série comemorativa aos 30 anos da marca, que até outubro estará colocando no mercado um total de 19
rótulos entre lançamentos e novas safras.
Além de Vinho Revelação, o Miolo Millésime Brut Rosé 2017 é destaque no Guia Descorchados 2019 entre os Melhores Espumantes Brut,
Melhores Espumantes Rosados e Melhores do Vale dos Vinhedos.

Para seu criador, o enólogo chefe Adriano Miolo, também diretor superintendente da Miolo, o exemplar é digno dos mais consagrados espumantes brasileiros. “Abrir e degustar
um Miolo Millésime Brut Rosé é provar da essência de um grande momento tendo a oportunidade de conhecer na taça

Fonte: Conceito com Brasil

Pesquisa da Wine Intelligence mostra que número de consumidores jovens está diminuindo nos Estados Unidos

Segundo Lulie Halstead, diretora executiva da consultoria Wine Intelligence, entre os consumidores regulares de vinho nos Estados Unidos, 21% deles têm 65 anos ou mais. Três anos atrás, essa parcela era de 16%. E, mais preocupante é que o número de consumidores entre 21 a 35 anos está diminuindo. Havia 7,5 milhões de consumidores regulares de vinho nessa faixa etária há três anos. Agora existem 6,5 milhões.

Segundo ela, além de diminuir o número de consumidores jovens, estes têm menos conhecimento sobre vinho. Segundo ela, os jovens agora conhecem menos regiões vinícolas e varietais do que os bebedores de sua idade três anos atrás e, além disso, seu nível de confiança sobre o vinho também diminuiu. “Eles estão mais conscientes sobre os preços e estão moderando mais em termos do consumo geral de álcool”, apontou Lulie, que alegou as facilidades da vida moderna (informações diretas no smartphone) para justificar o menor conhecimento dos consumidores sobre o vinho (“Eles simplesmente não conseguem se lembrar, porque agora estamos em um mundo onde você não precisa se lembrar das coisas”).

Fonte: https://revistaadega.uol.com.br/artigo/consumo-de-vinhos-entre-os-jovens-caiu-nos-estados-unidos_11661.html